terça-feira, 13 de setembro de 2011

Dia de pesar

Quieta, menina
Quetamina do inferno
Chega dessa mania de tudo aquilo
Que os muitos quilos
Que você só acha que tem
Te levaram a fazer


De tanta mina que passou nessa vida de menina
Que desfez o corpo de mulher
Que destruiu verões inteiros
Disfarçados em camisetas de menino


A gente tentou fugir
Mas cada vez caiu mais fundo
Se entregou facinho
Pra essa mania de sumir do mundo


Essa noite eu sei que vou passar sozinha
Com abraços dos meus próprios braços
Dormindo com meu único pertence:
Um corpinho que um dia se perdeu por aí


Autora: Gabi Gabí, 
de: oblogdagabigabi.blogspot.com





2 comentários:

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog A dança das Palavras. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

൯εſſợry ᎦᏐᎯ ¡ ƞ disse...

que fofo!!!
amanhã é meu dia de pesar.. #medo